Crie lojas únicas

Tutoriais para desenvolver seus próprios layouts.

Melhorando o carregamento do Javascript

Antes de começar, se ainda não tem conhecimento de como medir a velocidade do seu site, o seguinte artigo pode ser de ajuda:

Medindo a velocidade do seu site

Melhorar o carregamento das imagens vai aumentar muito a velocidade, mas o Javascript e CSS são duas coisas que podem bloquear a visualização do conteúdo que fica embaixo do chamado destes arquivos. Neste artigo vou falar sobre algumas coisas que podem ser feitas com o Javascript.

A maneira “clássica” de construir a o HTML sempre foi a seguinte:

<head>
    <link rel="stylesheet" type="text/css" href="my-css.css" media="all">
    <script type="text/javascript" src="my-js"></script>
</head>
<body>
    <div>
        Content
    </div>
</body

Dependendo da importância e requisitos do JS, ele podia ser carregado antes do conteúdo ou embaixo antes de fechar o body.

No exemplo anterior, o browser vai começar a ler o arquivo HTML, primeiro vai carregar o CSS, uma vez feito isso, ele procura o JS e o carrega (até agora nada do HTML foi carregado e o usuário ainda fica esperando numa tela em branco) e por fim o resto do documento é carregado.

Talvez no código anterior não seja tão grave, mas tem que pensar o que pode acontecer se tem muito CSS (de você e de um framework como pode ser Bootstrap), livrarias de JS (Jquery), plugins de JS (um mondo de possibilidades… para fazer o site mais devagar). Aqui tudo começa a ficar mais devagar, acima de tudo considerando que o navegador pode levar um tempo em ler o Javascript que já foi carregado.

É por isso que o primeiro que te tem que fazer é pensar em reduzir ao mínimo o JS, isso não quer dizer que não pode usá-lo, mas tem que ter a vassoura pronta para varrer tudo o que não seja necessário (e você  poder resolver tudo, com esforço mas uma grande recompensa).

Por mais tentador que seja, pense duas vexes antes de adicionar um novo plugin, app externo ou framework, todos são granitos que podem afetar o carregamento do site. Recomento usar BundlePhobia para testar o peso e possível tempo de carregamento do plugin a adicionar.

Meu conselho é que se precisa de plugins, procure um que possa atacar todas as necessidades agora e no futuro; e se for possível, procure no Github se o mesmo está ativo e se tem manutenção, algum commit recente ou secção de ajuda.

Tem que pensar se é realmente necessário ter carregado o Bootstrap JS quando talvez só este fazendo uso dos pop-ups, algo que tranquilamente pode ser resolvido com jQuery sozinho.

Se não tem alternativa pelo menos tem que pensar em carregar todo o JS que não seja crítico nos primeiros segundos do site, como assíncrono, quer dizer que o HTML não ficará bloqueado pela carga deste JS e o navegador irá carregá-lo quando possa.

Por outro lado também tem que pensar quais plugins são críticos e quais não são, pensando os críticos como os que provavelmente tenham que depender de jQuery (para poder carregar jQuery como assíncrono), como por exemplo acontece com Lazy Sizes.

Jquery assíncrono

Para carregar jQuery de maneira assíncrona simplesmente tem que adicionar o atributo async="true" no chamado no tag <script>.

{{ ‘//ajax.googleapis.com/ajax/libs/jquery/1.11.1/jquery.min.js’ | script_tag(true) }}

Isso é tudo? Não! Se deixar desse jeito vai ter um erro de JS já que estaria fazendo uso do objeto $ antes de ter jQuery carregado (dependendo a velocidade de internet).

Para esperar a que jQuery esteja carregado antes de usá-lo, tem que usar a função  LS.ready.then , que não só espera a jQuery , mas também as funções de JS próprias da Nuvem Shop que trabalham com as lojas. Um exemplo de como usá-la é o seguinte:

<script type="text/javascript">
    LS.ready.then(function(){
      $(".js-hay-query").show();
    });
</script>

Plugins críticos e não críticos

Como falei anteriormente, é importante dividir os plugins em críticos e não críticos para carregar os mais importantes primeiro e porque pode acontecer que os não críticos tenham dependências com jQuery .

Um exemplo dum plugin crítico e lazy sizes (lazy load), precisado para ir exibindo as imagens principais, enquanto um plugin não crítico pode ser bxSlider ou o JS de Bootstrap. O primeiro porque depende de jQuery e o segundo porque talvez não seja crítico que os pop-ups estejam disponíveis nos primeiros segundos da carga da loja.

Em nossas lojas carregamos os plugins antes de fechar o body usando Twig para que sejam inseridos como código inline e evitar fazer o pedido dum arquivo mais ao navegador.

Dividimos os plugins nos arquivos:

  • external-no-dependencies.js : Contem plugins críticos, quanto menos melhor.
  • external.js.tpl : Carrega o resto dos plugins,  carga el resto de los plugins, englobados pela função LS.ready.then

La forma en la que los cargamos es:

{{ "js/external-no-dependencies.js" | static_url | script_tag }}

<script>
    LS.ready.then(function(){
        {% snipplet "js/external.js.tpl"  %}
    });
</script>

Fazer uso de plugins assíncronos quer dizer que podem carregar qualquer coisa que seja "async"? NãoPor mais que tudo fique assíncrono, vai afetar as pontuações de velocidade, sobretudo o "Tempo até interatividade", que é o momento no qual o navegador diz "ok, o documento fica pronto".

Por mais que tenham JS que não bloqueie o carregamento, tem que usá-lo com consciência.

Que segue?

Se já otimizou tudo o que tem a ver com JS, recomendo ler as outras mudanças aplicadas para melhorar a velocidade:

Melhorando o carregamento das imagens e SVGs

Melhorando o carregamento do CSS